Hey você, que tem um bebê pequeno e está a ponto de explodir…

Hey você! Que tem um bebê pequeno e está a ponto de explodir:

Respire fundo. Deixe as lágrimas rolarem se elas insistem em cair.

O que eu vou te dizer agora não é romantizar a maternidade, porque eu não vou lhe esconder nada, tá?!

Essa fase aí cansa mesmo. Tem momentos em que a gente pensa em jogar tudo pro alto (só não joga porque lembra que somos nós mesmas que teremos que juntar). Tem dias em que só dá vontade de chorar. Tem horas em que falta até o ar, e…

Isso é real!

Mas passa.

Enquanto estamos vivemos a bagunça do furacão, dá a impressão que não sobreviveremos sem grandes sequelas. E de repente… PUF… Passou!
E sabe porque as outras mães insistem em dizer que você vai sentir saudade de tudo isso?

(mais…)

5 coisas para o pai fazer enquanto a mãe amamenta

A amamentação é a única coisa que ninguém pode fazer por você. Mas isso não quer dizer que o resto do mundo deva te deixar lá, sem nenhum tipo de amparo.

Cada dia que passa eu vejo que a sobrecarga nas mães se dá especialmente na fase da amamentação, pois é quando o bebê mais exige delas fisicamente, e emocionalmente.
Por motivos óbvios, uma mãe que amamenta não pode simplesmente passar a bola (ou a teta) para outra pessoa nessa situação. Mas o apoio pode vir de diversas formas, e deve acontecer diariamente pelo bem da saúde da mulher, e do bebê (afinal, o estresse é um vilão na amamentação, já que seus hormônios são capazes de inibir a ação da prolactina -produção do leite- e da ocitocina -descida do leite-).

O pai pode (e deve) ser um aliado (Vou abrir um parênteses aqui e acrescentar que você pode substituir a palavra “pai”, por outra pessoa que viva com você – sua mãe, irmã, amiga…)!

Então, pai, olha só como você pode ajudar a mãe amamentando:

(mais…)

Bailinhos de Carnaval nos Shoppings de Curitiba

Alô alô pessoal! Separa a fantasia da criançada, coloca um sorriso no rosto e vamos dançar muito aquelas marchinhas de Carnaval?

Além dos tradicionais bailinhos realizados em vários Clubes aqui de Curitiba, 5 shoppings da cidade já confirmaram que terão uma programação especial para celebrar o Carnaval!

Então prepara o confeti e veja só quanta coisa legal vai acontecer nos próximos dias!

(mais…)

5 maneiras de servir frutas em festas de criança

A gente não dispensa um brigadeiro, mas vamos combinar que também dá uma alegria danada quando a gente vê um monte de crianças comendo frutas. O olho chega a lacrimejar de tanto orgulho!

E sendo mãe de uma mini chocólatra, eu posso dizer: amo quando ela se depara com uma mesa cheia de frutas e decide provar todas. E isso acontece justamente porque elas normalmente estão sendo servidas em lugares incomuns (festa de criança tem que ter só doce #sqn), e de formas diferentes da rotina.

Por isso, eu separei 5 inspirações super legais para você inserir frutas nas festas das crianças. Uma ótima forma de incentivar o consumo, e quem sabe, despertar o amor por sabores desconhecidos (aquela frutinha que você nunca quis investir, com medo da cria não gostar). Olha só:

(mais…)

Fio dental e enxaguante bucal: Quando começar a usar?

Engana-se quem pensa que maternar fica mais fácil com o passar to tempo… Porque cada dia a gente precisa entrar em uma nova batalha.

E quando trata-se da saúde bucal dos pequenos, a gente não pode perder uma briga.

Já falamos AQUI sobre alguns cuidados com os bebês neste aspecto, mas o assunto não acaba por aí… E o fio dental? E o enxaguante bucal? São necessários mesmo?

Então vamos por partes:

(mais…)

“A Bailarina” – O que você deve esperar do filme

Nós finalmente fomos conferir o filme “A Bailarina”, que estreou no dia 26/01 nos cinemas de todo o Brasil.

Para minha surpresa, a animação vai muito além da dança: É sobre sonhos e sobre paixão. 

A história se passa na Paris do século 19. Com a Torre Eiffel ainda em construção, os detalhes históricos são mostrados com muita delicadeza. Lá acontece a história de Felice, uma órfã que fugiu para Paris em busca do seu sonho de se tornar bailarina.

(mais…)

Uma carta para o meu filho mais velho

“Filho, meu amor.

Sei que já estamos falando disso há algum tempo, mas agora está mais próximo do que nunca… Seus dias de filho único estão contatos.
E não há como negar: Toda a atenção que você tinha da mamãe e do papai, agora precisará ser dividida. Mas isso não significa que você perderá em algum aspecto.
Deixamos de ser três, e agora seremos quatro. Você será o irmão mais velho, mas continuará sendo nosso primeiro grande amor.

Falando em amor, o que sentimos por você não diminuirá de forma alguma, e nem precisará ser “dividido” também. Afinal, o amor é um sentimento que na verdade, se multiplica.

(mais…)

5 fatos (loucos) sobre amamentação

Eu já falei sobre amamentação várias vezes aqui no blog. Sobre a parte dolorida (clique AQUI para acessar), sobre seus benefícios para a saúde bucal (AQUI), e também, várias dicas para você persistir com esse ato de amor (AQUI). Mas tem algumas coisas bem loucas a respeito disso, que a gente só entende quando vivencia.
Depois da dor, depois que a gente pega o jeito… Fica tão natural, que esquecemos de alguns detalhes que tornam a experiência ainda mais única na vida.

Olha só:

(mais…)

Porque o choro também é importante!

Você ja experimentou SENTIR o choro de um filho?
Já tentou imaginar o turbilhão de pensamentos que passam por aquela cabecinha, enquanto as lágrimas correm?

Eu não sei se você já parou para pensar nisso, mas o choro parece uma forma de demonstrar que algo esgotou, e por isso transborda.
As lágrimas saem para aliviar uma mente cheia… um coração apertado… uma dor que mal cabe no peito.
Chorar é humano, é intenso.
Por isso me pergunto porque às vezes tentamos interromper esse momento dos nossos pequenos.
“Engole o choro”
“Não foi nada”
“Não precisa chorar”

Embora pareçam frases certas para dizer num momento desesperador, esse tipo de atitude acaba demonstrando que aquilo não é importante… Quando na verdade, é um dos momentos mais cheios de sentimento da vida.

(mais…)