Maternidade, Rotina

5 coisas que ninguém te conta sobre ser mãe de 2

Existem verdades escondidas por trás de todo o caos que pintam sobre a vida com 2 filhos.

Situações e sentimentos que são tão complexos de se explicar, que acabam causando um certo espanto para quem está iniciando nesta nova fase da vida.

Difícil de falar a respeito, e até mesmo de assumir… Mas eu vou contar para vocês quais são as 5 coisas que mais têm me surpreendido nessa jornada.

1. Você vai amar os dois da mesma forma, mas…

Durante a gravidez você vai olhar para o mais velho e se perguntar se realmente será capaz de amar o segundo da mesma forma. A resposta é óbvia… Sim. Você será capaz de matar e morrer pelos dois, na mesma intensidade, sem nem pensar duas vezes. Mas você também aprenderá que isso não significa que a paciência e o dengo sejam idênticos pelos dois, todos os dias. Às vezes é só chegar perto de um, que parece sair faísca, enquanto com o outro fica tudo em paz. E tá tudo bem! Isso não significa mais, ou menos amor. Significa que você é humana e tem seus altos e baixos. É uma questão de troca de energia.

Dica: quando você sentir que está irritada demais com apenas um filho, procure um jeito de passar um tempo só com ele. É o segredo pra conectar os corações de novo. É bom lembrar dos detalhes que te fazem amar sua criança, e às vezes eles só reaparecem, enquanto estiverem a sós.

2. Haverá cumplicidade, até quando você não quer

Nada os tornará tão cúmplices, quanto as doenças. Prepare o bolso, o sono, e a paciência, porque pode ser que eles não adoeçam exatamente na mesma semana, mas é questão de poucos dias.

Na hora da bagunça, dos planos mirabolantes e até mesmo, na hora de fazer festa, eles terão um ao outro. E não existe parceria mais linda de se ver crescer.

3. Será mais leve

Eu sei que na nossa cabeça, só existe caos. O dobro de roupas pra lavar, o dobro de crianças para colocar no banho… Mas, o que ninguém avisa é que nossa autocobrança cai pela metade. O segundo filho traz com ele a praticidade… Aprendemos que não é necessário muito para fazer acontecer. Afinal, feito é melhor do que perfeito.

É incrível como a sabedoria que adquirimos depois da primeira experiência, faz toda diferença da segunda vez. Menos exigências, mais leveza. Você passa a curtir detalhes que a ansiedade não te deixou enxergar antes.

4. O tempo será curto, mas o amor será dobrado

Por mais que você sinta uma necessidade absurda de pausar algumas fases, o tempo voa dobrado com o segundo filho. Você vai piscar, e de repente o que existia ontem, já mudou.

Por sorte, o conhecimento de causa te faz aproveitar mais… Cheirar, beijar, amassar, fazer massagem depois do banho. Tudo bem, às vezes será necessário pular algumas etapas para atender o outro filho, mas às vezes você fará tudo isso, nos dois ao mesmo tempo.

5. Eles irão se amar

Haverá amor… Por trás do ciúmes, dos choros e dos momentos difíceis em dupla, haverá muito amor. Uma cumplicidade que vai parecer vir de outras vidas. Na primeira troca de olhares, ainda na maternidade, você irá se perguntar como não entendia isso antes. Porque a admiração é imediata, e cresce mais e mais a cada dia… Então se torna o amor mais verdadeiro da vida. Onde eles serão capazes de matar e morrer um pelo outro, exatamente como você é pelos dois.

A vida com a Luísa e a Bellinha têm sido mais intensa do que nunca. Mas nada no mundo é capaz de me fazer sentir tão grata, quanto ver uma sorrindo para a outra.

No final, fica tudo bem… Com o bônus do amor em dobro ♥

* As fotos desse post foram feitas pela Adrieli Cancelier, especialista em fotografias de família. Nada mais digno de se guardar para sempre, do que os registros da nossa vida real. Onde o cenário é nossa casa e os protagonistas somos nós, de pés descalços e corações abertos.

Para conhecer mais sobre o trabalho da Adri, acesse:

Adrieli Cancelier Fotografia de Famílias 

SITE | INSTAGRAM | FACEBOOK

Um beijo,

1 thought on “5 coisas que ninguém te conta sobre ser mãe de 2

  1. Exatamente isso,vc falou tudo.
    Tenho uma filha de 5 anos e um menino de 2 meses… Na gravidez eu me perguntava se eu amaria ele como amo minha filha por várias e várias vezes isso vinha na minha cabeça. E quando nasceu pah tudo mudou o amor inundou meu coração da mesma forma que dá Júlia, porém com ele a falta de paciência, cansaço, cobrança tudo Caio pra cima da mais velha e isso acabava comigo mas agora tá tudo entrando nos eixos RS e Sim com o segundo é tudo mais leve e parece que voa cada minutinho com eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *