Textos Gravidicas

Cheire seu bebê

Se eu pudesse voltar no tempo e fazer algo diferente com a Bellinha bebê, com certeza eu aproveitaria mais os momentos de chamego.
Hoje, tendo a chance de viver isso de novo, faço o que não fiz o suficiente antes, e deixo aqui meu apelo para quem é mãe de primeira viagem:
Cheire seu bebê.
Loucamente. Puxe o ar com força com o nariz colado no pescocinho suado.
Pegue os pezinhos de surpresa e cheire.
Mãos, dobrinhas das pernas, barriga. Cafungue muito… Cada pedacinho.
Eu não queria ter que dizer isso, mas a cada dia que passa, esse cheirinho de bebê vai perdendo a força. E é crucial que a gente consiga eternizar essa essência, porque é dela que vem a coragem pra continuar.

Me lembro que ainda criança, passei a notar que todas as casas tinham um cheiro particular.
A casa onde eu morava, as casas das minhas avós e até mesmo das minhas amigas… Cada lar tinha um aroma único, e eu saberia dizer onde estava, mesmo que ficasse de olhos fechados.
Descobri que com os filhos, o propósito é o mesmo.
A gente preenche não só os pulmões, mas a alma toda, com o perfume mais raro e puro que existe. Respiramos com força pra nunca esquecer onde estamos… E principalmente para entendermos que não existe melhor lugar em que poderíamos estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *