Rotina

Conecte-se ao que importa – Uma campanha que todo mundo deveria apoiar

O mundo virtual é tentador, eu sei.
Mas você já parou para analisar quanto tempo você passa assistindo outras vidas e outras coisas muito menos importantes?

Aqui em casa temos um acordo de não mexermos no celular enquanto estamos juntos.
Confesso que ando burlando nosso sistema, afinal, as redes sociais também são meu trabalho.
Mas procuro me policiar, e meu marido sabe que pode (e deve) me dar um toque sempre que exceder o ‘aceitável’.

Ainda assim, fica sempre aquela sensação de ‘falta’, e essa ferida ficou ainda mais exposta depois que vi algumas imagens feitas sobre o assunto.

A campanha “Conecte-se ao que Importa”, foi lançada em 2016 pelo Projeto Dedica (Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes) e capitaneado pela Associação dos Amigos do Hospital de Clínicas – de Curitiba. Mas está ganhando espaço novamente, pois seus quadrinhos voltaram a circular pelas redes sociais e vêm sendo compartilhadas pelos grupos do WhatsApp.

São diversas situações que, infelizmente, são muito mais comuns do que imaginamos.
E afetam muito além do que conseguimos enxergar.

Tanto que, um dos principais objetivos da campanha é conscientizar a sociedade sobre a importância de os pais darem mais atenção aos seus filhos e combaterem o excesso do uso de aparelhos eletrônicos e das redes sociais. Para que assim, diminuam também situações de agressões, violências e abuso sexual.

A campanha baseia-se em 3 etapas que envolvem a violência contra a criança:

1- O abandono dos pais em relação aos seus filhos por conta do uso indiscriminado da internet

2- As consequências dos abusos no uso da tecnologia

3 – Os perigos aos quais a internet expõe crianças e adolescentes.

E essas são as tirinhas que mexeram muito comigo, e tenho certeza que lhe farão pensar a respeito também:

 

 

O mundo precisa mesmo de muito olho no olho, de rodas de conversa, de abraços e carinhos REAIS!

Então, conecte-se ao que realmente importa.

Um beijo,

Fonte de pesquisa: Instituto Triunfo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *