Uncategorized

Desafio da maternidade: Mudando muito em 14 dias

Que a maternidade em si já é um desafio, qualquer um sabe.

Mas e se houvesse uma lista de pequenas coisas que pudéssemos fazer para tentar deixá-la mais leve (e que realmente funcionasse, claro!)?

Bom, como a mudança deve acontecer em pequenos passos para atingir grandes proporções (Como diz aquela frase fofinha que o google cita como se fosse de vários escritores – por isso não falarei de nenhum – “Mude, mas mude devagar. Porque a direção é mais importante que a velocidade”), é importante que façamos aos poucos, mas de tudo um pouco.

Eu não sei para vocês, mas a maternidade fez de mim uma pessoa muito mais cheia de vontades, muito mais ansiosa por melhorias, por aperfeiçoamento. E mesmo que nem tudo precise ser perfeito (especialmente neste caso), ainda assim é preciso que seja feito.

E que tal começar mudando e acrescentando pequenos habitos no seu dia a dia, por duas semanas?

Olha só:

1º dia

Passe um dia inteiro sem gritar ou demonstrar grandes alterações no tom da voz.
Mesmo na hora do nervoso, mesmo no momento tenso, prefira respirar fundo a se exaltar. Lembre-se: São apenas 24h, e se você conseguir isso nesse meio tempo, você conseguirá sempre.

2º dia

Convide seu filho para cozinhar com você.
Dividir a preparação de qualquer alimento que seja (mesmo que um leite morno com cereais) é uma ótimo oportunidade de manter seu filho por perto, e ainda transformar algo trivial em maravilhoso.

3º dia

Na hora da leitura (melhor ainda se for antes de dormir), leia uma história engraçada. Rir juntos é uma excelente forma de aproximamento.

4º dia

Enquanto seu filho estiver falando, seja qual for o assunto, deixe de lado o que estiver fazendo e dê 100% de sua atenção. (Largue o celular, deixe o som da TV no mudo e escute. Crianças que sentem-se ouvidas dificilmente darão show – leia-se birras)

5º dia

Espalhe pequenos detalhes de amor por todo canto. Corações, beijos, mimos… (Vai dizer que você também não gostaria de um dia assim para você?!)

6º dia

Leve seu filho para passear e conversem sobre o quanto é bom tê-lo com você. Demonstre seu amor publicamente. Beijos, abraços e cafuné em praça pública!

7º dia

Coloque uma música e dancem juntos. Como se ninguém estivesse olhando.

8º dia

Olhos fotos juntos. Principalmente as que já não são tão atuais. Deixe seu filho perceber o quanto você foi (e é) feliz por cada fase dele,

9º dia

Abrace. Abrace muito. Não pare de abraçar. Se ele reclamar dos abraços, então beije. E não pare mais.

10º dia

Todos da casa estão proibidos de usar eletrônicos. Celulares guardados, TV desligada. Aproveitem para brincar no chão da sala, passear nem que seja na rua de casa… Façam atividades que exijam olho no olho.

11º dia

Dia 100% dedicado a família. As atividades domesticas podem esperar sim!

12º dia

Vá até o quarto do seu filho e converse com ele. Brinque no espaço que é dele. Assim você perceberá como aquele ambiente já foi até personalizado por ele (mesmo que sejam rabiscos na parede).

13º dia

Troque os papeis por uma hora. Deixe seu filho brincar de ser o pai (ou sua filha ser a mãe). Essa pode ser uma experiência revolucionária. Como ele agirá com você, é como ele te vê reagindo sempre.

14º dia

Aceite todas as emoções do seu filho como sendo “dele”, sem a necessidade de corrigi-lo.

 

Adeque esses pequenos detalhes em duas semanas, e assim você conhecerá melhor sua família e compreenderá que seu filho te valoriza ainda mais do que você imagina.

Faça seu melhor e perdoe-se quando necessário.

Por aqui, nós já começamos 🙂

Um passeio num domingo de manhã

Post inspirado em um Parents’ Challenge

 

Eu Sou do CBBlogers

9 thoughts on “Desafio da maternidade: Mudando muito em 14 dias

  1. Ai que post mais inspirador Ste, se eu ja fosse mãe com certeza colocaria em prática, são coisas tão simples mas que hoje em dia parecem “difíceis” não é? Amei seu post, e sua pequena!

    1. Deveria ser tão natural tudo isso né?!
      Mas já que não é, a gente tenta relembrar todo mundo que amor em excesso é lucro sempre 🙂

      Obrigada pelo comentário!
      Um beijo
      Ste

  2. Achei todos os dias muito legais, mas a do 4º dia é muuuito importante e vejo muitos pais que não dão a mínima para o filho quando ele quer falar e contar algo da vidinha dele.
    É uma pena.
    Que mais mães leiam esse seu post, Ste.
    Alías, acho que seria legal compartilhar ele no Clube da Alice 🙂

    Bjs

    1. O do 4º dia tem que ser TODOS os dias.
      Atenção de verdade é essencial para um bom desenvolvimento e auto confiança (quando uma criança não se sente ouvida, ela tende a começar a acreditar que o problema é com ela, e que talvez ela não seja interessante o suficiente).
      Obrigada pelo comentário!
      Um beijo
      Ste

    1. Verdade Rafa.
      Demonstrações de amor, muito carinho e atenção exclusiva deveriam fazer parte da vida de todos os integrantes de uma família! <3
      Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *