Textos Gravidicas

E de repente, ela terá crescido…

E de repente algumas coisas perderão a graça.
Os programas preferidos da TV deixarão de ser só desenhos.
Alguns brinquedos serão colocados de canto, e permanecerão lá.

Assim, num piscar de olhos, ela se levantará e irá ao banheiro sozinha…
E voltará para a própria cama só para curtir uma preguiça.

Você acordará antes que ela te desperte
E às vezes até precisará travar uma guerra para que ela se levante no horário.

De repente você a espiará pela pequena fresta que ela esqueceu aberta na porta
E a verá dentro do seu próprio mundo, curtindo sua imaginação, sem nenhum sinal de que precisa de você.

Alguns dias serão silenciosos…
E isso te fará sentir falta do som delicioso da sua risada de bebê

Mas calma! Ela ainda está ali.
Só que a cada dia que passa, precisa um pouco menos de ti.

Então aproveite enquanto ainda te chama para sentar no chão com ela.
Desligue o que te distrai e volte seus olhos somente ao que importa.

ELA IMPORTA.
O agora importa.

E embora maternar signifique ensinar a seguir sozinha,
Deixe-a saber que independente do seu tamanho, ela sempre poderá contar com você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *