Textos Gravidicas

Essa noite eu sonhei que não tinha filhos…

Essa noite eu sonhei que não tinha filhos…
No sonho, o despertador tocou e eu pude me esticar na cama por mais uns minutinhos.
Me arrumei tranquila.
Tomei café da manhã enquanto assistia o jornal.
Ao entrar no carro, pude ligar a minha playlist no volume que queria…
Depois de um dia de trabalho, cheguei em casa, tirei os sapatos, preparei qualquer porcaria para comer com o marido e fui tomar banho.
Deitei na cama e ela parecia tão grande… Pude me esparramar, já que não tinha ninguém no meio.
Adormeci assistindo ao meu seriado preferido…

Acordei do sonho com um sonoro MAMÃÃÃÃE.
Levei a baixinha correndo pro banheiro (gritou logo cedo, já sei que é xixi).
Aproveitei e já a coloquei debaixo do chuveiro.
Arrumei a mochila da escolinha, preparei o café da manhã de todos, me arrumei correndo e saímos sem eu ter sentado para tomar meu shake…
Entrei no carro e já começou a tocar Patati Patatá… Fizemos o trajeto todo intercalando os vocais das músicas, e cantando loucamente. (Levei várias encaradas no trânsito porque parecia uma doida).
Enquanto tocava “piuí abacaxi” pela segunda vez, ela me pediu para abaixar o volume e disse:
“- Eu te amo tanto mamãe… To muito feliz”
Sorri até doer o maxilar, e fiz minha pequena declaração também.
Assim que chegamos na escolinha, ganhei um abraço apertado e um “vou ficar com saudades”.

Cheguei atrasada no trabalho porque não conseguia parar de olhá-la seguindo seu rumo para a sala.

O dia nem precisou terminar para eu me dar conta que essa noite eu não tive um sonho… Eu tive um pesadelo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *