Puerpério, Textos Gravidicas

Eu escolhi amar a maternidade

Eu escolhi amar a maternidade
Porque acredito que ela seja a oportunidade de continuar…
Que ela seja a chance de melhorar…
Que seja a extensão do meu amor próprio.

Eu escolhi amar a maternidade
Porque independente das dificuldades, ainda assim é o amor mais puro e intenso que existe
Ama-se muito por querer sempre o bem de um filho. E é o que me faz procurar sempre fazer o bem também.

Eu escolhi amar a maternidade
Porque não ha nada mais bonito do que apaixonar-se por algo.
Olhar para as coisas com positividade extraindo o melhor de mim e de todas as situações é a melhor atitude que posso tomar hoje para ser mais feliz (e para criar um outro ser humano feliz também).

Para amar ser mãe não é preciso muito:
Um sorriso no ínicio da manhã com um abraço apertado distribuído em várias doses no dia.
Um olhar entusiasmado de agradecimento por algo que parecia ser comum, e até mesmo um colo aconchegante (mesmo que a almofada seja você)
A gente ama e se esforça porque é algo maior do que nós. É amor puro e verdadeiro que invade o coração e toma conta de todos os nossos pensamentos.

E mesmo nos dias em que tudo parece estar saindo errado, eu amo a maternidade justamente porque eu sei que amanhã tudo isso pode mudar.
Porque não existe rancor, não existe mágoa… Nada de ruim supera um novo dia cheio de oportunidades para fazer diferente.

Eu escolhi amar a maternidade porque ha uma parte de mim que acredita que isso possa ser uma grande mudança para o mundo.
Porque quando começamos a regar uma vida com coisas boas, o que tendemos a receber em troca é muito mais bonito de se ver.

De negatividade já me basta a dos outros…

Aqui, se você me perguntar o que eu penso sobre a maternidade, eu irei dizer que simplesmente escolhi amá-la.
E escolherei sempre, sem nem pestanejar.

Porque o pequeno alguém que tenho a oportunidade de criar e amar, precisa de alguém que acredite, de alguém que queira, e de alguém que ame com todo o coração… E assim será!

 

Eu Sou do CBBlogers

3 thoughts on “Eu escolhi amar a maternidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *