Dicas, Saúde e Alimentação

Finger Food – A praticidade em forma de comida

Praticidade é tudo! E com a correria do dia a dia é essencial criarmos formas diferentes que nos ajudem com a administração de tempo e com organização de pequenos detalhes da nossa vida.

As festas não poderiam ser diferentes: Uma nova tendência chegou menor, mais prática e até mesmo mais saudável do que estávamos acostumados. E quer saber? Você também vai se apaixonar!

Diversificar o cardápio nunca foi tão tentador e cheio de opções. O estilo ‘finger food‘ já tem força em vários países, mas está tomando cada dia mais espaço nas festividades brasileiras.

A ideia consiste em alimentos sem a utilização de talheres. São servidos normalmente em palitos, em forma de petiscos para comer com as mãos, ou do tamanho de uma colher de sopa. Para mim, quando o conceito é levado super a sério, as porções são servidas de forma em que a gente consiga colocar de uma vez só na boca. Nada de se lambuzar mordendo por partes! (Ok, essa é a minha idealização. Mas claro que mini sanduíches – que é quase impossível comer sem morder – estão dentro da lista desse estilo de ‘comidinhas’)

Para completar, as opções são tão variadas que podem ser super lights, ou super caprichadas e calóricas. Fica a sua escolha.

Por quê aderir ao Finger Food?

Além de dar um charme a mais, as opções de cardápio são bem mais variadas. E o melhor? A maioria delas é bem simples de fazer em casa. Para completar, são práticas para consumo e também na hora de limpar (vamos combinar que fica mais higiênico).

Quando servir?

As finger foods encaixam bem em qualquer tipo de festa. O único detalhe é como, e em que momento serão servidos.
Por exemplo: Num jantar você pode apresentá-los como entrada. E numa festa infantil, pode deixá-los dispostos em todo o ambiente, para que as pessoas possam consumí-los a vontade.
Você também pode adptar o cardápio com o público que fará parte do evento. Para festas com crianças, invista nas comidas servidas em palitinhos. Desde frutas, até pedacinhos de bolo (Eles ficam mais tentados a consumir, já que não precisam parar para comer).
E lembre-se sempre de: Cortar a pontinha do palito, ou dar preferência aos modelos de bambu, que são mais cumpridos. E também, a fazer em porções ainda menores por causa do tamanho de suas boquinhas.

Agora, vamos à parte de causar água na boca?

Olha só quanta ideia deliciosa e simples para você reproduzir no seu próximo evento:

Frios no palito
Clássico, e delicioso. É quase uma tábua de frios já disposta em pequenas porções.

Assados
Têm também as opções de coisas assadas, em pequenas porções. Esse aí de calabresa com abacaxi me deu água na boca!

Light
Nem só de gorduras vivem os petiscos. As opções mais lights são delicosas, e práticas. Como ‘saladas em palitos’, você pode combinar várias coisas saudáveis como: tomate cereja, uma folha (acredito que essa da foto seja manjericão, mas eu colocaria uma folha de rúcula), e mussarela de búfala (ou para facilitar, pode ser até um ovo de codorna)

 

Doce, com culpa
Gente, é churros. Não preciso nem descrever mais nada (desculpa, sou a louca do churros SIM)

Doce, com pouca culpa
Tudo bem que tem um chocolatinho, mas pela quantidade de fruta, estamos no lucro.

Sem culpa nenhuma
Um monte de frutas gostosas e bem cortadinhas criam um sabor especial e super agradável ao paladar. Ótima opção para as festas com crianças, já que é super saudável e colorido

Já estou bolando os #4AnosdeBellinha todo trabalhado nesse estilo de servir. Fiz algumas coisinhas assim no último aniversário e percebi que as crianças comeram muito melhor.

Prático né?!

Um beijo,

3 thoughts on “Finger Food – A praticidade em forma de comida

  1. Eu amoooo esse tipo de comida… na verdade qq coisa eu prefiro comer com as mãos rsrsrs no natal eu fiz umas opções de petiscos assim… queijinho, tomate cereja essas coisinhas …. ameiii as ideias principalmente as que teria MUITA CULPA hahaha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *