Uncategorized

Mãe, não importa como você fez

Não importa se você fez seu enxoval em Miami ou no brechó do seu bairro
Nem se você optou por decorar o quarto com a tendência minimalista ou abusou dos babados como se fazia antigamente

Não importa se você conseguiu aquele parto humanizado desejado que foi filmado por profissionais e editado com músicas do Caetano
Nem se precisou deitar numa maca de hospital e fazer uma cirurgia para tirar seu bebê de dentro de você

Não importa se seu leite foi abundante e seu peito foi a fonte de alimento por meses a fio
Nem se a mamadeira precisou sair do armário antes do tempo

Não importa se você conseguiu produzir papinhas gourmets com 3 tipos diferentes de batatas e legumes orgânicos
Nem se precisou recorrer, vez ou outra, àqueles vidrinhos já prontos, que têm aos montes nas prateleiras das farmácias e mercados.

Não importa se você dividiu sua cama
Nem se o berço foi seu melhor amigo desde o primeiro dia do seu bebê em casa

Não importa se você canta tribalistas para sua criança dormir
Nem se assiste peppa pig com ela até pegar no sono

Num dia qualquer, ao conferir pela quarta vez se ela está bem coberta a noite, vai se dar conta que o melhor resultado pra qualquer caminho escolhido está ali…

E que no fim das contas, não importa como você fez…
O importante é que você fez.
Da sua melhor forma.
Com todo seu coração.

1 thought on “Mãe, não importa como você fez

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *