Puerpério, Textos Gravidicas

Maternidade Real – Coisas que você precisa saber sobre ser mãe

maternidade real2

Eu já falei aqui sobre a parte da maternidade que dói e sei que muita gente se identificou. Especialmente, quem já é mãe. Justamente porque é algo que a gente só entende porque vive isso depois que os filhos nascem.

A verdade é que tem mais coisas que a gente só descobre e entende depois da maternidade. E mesmo que muitos falem sobre tantas coisas sobre essa nova vida de mãe, tem umas coisinhas que talvez ninguém tenha te contato. Mas é por isso que eu estou aqui, não é mesmo?

Então vamos lá. Fique sabendo que:

  • O coração parece ser esmagado, mas não é infarto

Hora ou outra você vai sentir um aperto muito forte no peito só de olhar para aquele pequeno ser. É como se injetassem uma dose absurda de amor que vai encher tanto o seu coração que vai parecer que dói. Uma sensação estranha e gostosa ao mesmo tempo. Como se fossemos preenchidas, finalmente.

  • O estômago dói, mas não é fome

Em alguns momentos você vai ficar tão nervosa e perdida que vai sentir como se seu estômago estivesse sendo esmagado. Já ouviu falar da expressão ‘dor de barriga de nervoso’? Se você não conhecia até ser mãe, aprenderá na marra como se contorcer com elegância.

  • O relógio acelera, mas não é defeito

Você vai olhar para as fotos e se questionar como foi que o tempo passou tão rápido! A rotina cansativa de horários que um filho exige, te fará perceber que as 24h parece que passam muito mais rápido do que o normal. Vai faltar tempo até pra curar a dor de barriga que citei ali em cima.

  • A casa vira do avesso, mas não é um furacão

Por mais organizada que você seja, vai existir aquele momento em que o chão da sala infestado de brinquedos será sinônimo de paz. Por algum motivo, crianças se sentem mais a vontade em meio ao caos. E tentar organizar só lhe trará mais dor de cabeça (ou estômago). Então melhor se acostumar que nem tudo na vida é organizado como desejamos

  • A gente fica mais forte, mas não é imunidade

Afinal, quem disse que mãe tem o direito de ficar doente? Não pode né?! E como um presente divino, você sobreviverá às gripes e viroses com uma força do além. Pode até sofrer por isso, mas passará a ser capaz de superar todas essas dores físicas muito mais rápido do que antes.

gravidicas

  • A gente ri e chora loucamente, mas não é bipolaridade

Ao mesmo tempo em que fica completamente apaixonada pela carinha linda do filho, você sentirá vontade de chorar de cansaço, sono ou simplesmente porque quer. A maternidade é um misto de sensações inexplicáveis, e o fato delas serem completamente opostas às vezes, não tem mal algum. O importante é que a felicidade reine sempre, e que nos momentos de angústia, você tenha com quem contar.

  • Alguns amigos ‘somem’, mas não é uma perda

Você pode ter muitos amigos até determinado ponto da sua gravidez, ou até mesmo, início do puerpério. Mas a verdade é que poucos são qualificados o suficiente para seguirem com você. Mas fique tranquila, a verdade é que a maternidade não nos faz perder amigos, apenas seleciona os MUITO bons! E acredite, um dos bons vale muito mais do que 5 dos mais ou menos! 🙂

  • Você irá amar viver, e SIM, é uma bênção

Apesar de sentir vontade de não sair do banheiro em alguns dias, e sentir que está perdida em outros, pode ser que você nem se lembre mais como é sua vida antes de ser mãe. Dentre fraldas sujas e choros espalhados durante o dia, você também encontrará mais amor em tudo o que faz e vive. Sentirá mais, de tudo. O que quer dizer que viver se tornará muito mais intenso.
Você pode não saber o que fazer com tanto amor, e essa é a maior prova que vale a pena acordar todos os dias!

Um beijo

assinatura stephanie gravidicas

 

 

 

6 thoughts on “Maternidade Real – Coisas que você precisa saber sobre ser mãe

  1. Steee, adoro a forma como você descreve a maternidade e a tua experiência no dia a dia. Você abordar nos teus textos as coisas boas e ruins de uma forma tão intensa me dão mais vontade de ser mãe <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *