Textos Gravidicas

Ele não caberá no seu colo por muito tempo…

Ele não caberá no seu colo por muito tempo…
Numa questão de poucos anos, você precisará aprender inúmeras formas de acolher, sem precisar cansar os braços.
E quando isso acontecer, perceberá que o desgaste emocional de não ser mais tão necessária, será infinitamente maior do que os braços quase dormentes no final da noite.

Ele não fará mais questão de brincar com você…
Os amiguinhos tomarão seu lugar sem nem pedir licença, e de repente você estará sozinha de novo no sofá da sala, em meio ao silêncio da casa e o volume da TV.

Ele não precisará mais da sua ajuda para o banho… Nem para a refeição… Nem para a troca de roupa matinal.
Você será uma mera espectadora de uma mudança hormonal, física e emocional. E perceberá que embora tudo aquilo tenha começado com você, não quer dizer que precisará de você para continuar evoluindo.

O tempo que um filho demanda de nós, fisicamente falando, é irrisório comparado à dependência emocional que nós criamos deles.

Uma hora a gente volta a dormir, a comer tranquilamente, a curtir nossos programas de TV preferidos, e a fazer todas as coisas que parecem tão distantes enquanto ele ainda é pequeno.

E ele será pequeno por muito pouco tempo.
Mas o seu coração de mãe continuará para sempre precisando dele…
Para preencher todo o espaço que se abriu desde que essa jornada começou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *