Uncategorized

O antes e o agora

Uma coisa é certa:

Você muda COMPLETAMENTE quando engravida. E não digo só fisicamente por causa da barriga, dos seios maiores e tudo mais… A vida se torna uma verdadeira roleta russa de hormônios. Uma hora você sorri por qualquer coisa, e de repente, como um tiro dado certo, parece que você vai explodir de ódio até do sol que tá luminoso demais.
E é sobre isso que eu vou falar hoje. O que aconteceu comigo? Coisas que eu não fazia (ou fazia) antes, e agora faço (ou não faço mais).
Acredite: pesquisando a fundo, eu concluí que, definitivamente, não sou mais a mesma!

Xixi
Antes:

Eu fazia xixi antes de dormir, e depois só depois de acordar. Ou seja, +- 8 horas ininterruptas de sono profundo e gostoso sem ficar “apertada”. Sem contar durante o dia, que era sempre bem proporcional a quantidade de líquido ingerido… Ou seja, a cada 2 ou 3 horas tranquilamente.

Agora:
Esse foi um dos primeiros “sintomas” da gravidez…
Acordava numa média de 6 vezes durante a noite. E o pior é que se tornou um ciclo vicioso, porque eu perdia o sono, e assim que saía do banheiro, passava na cozinha pra tomar um copo d’água. ¬¬’
Isso tudo aconteceu nos três primeiros meses. Mas até hoje eu levanto pelo menos 2 vezes durante a noite. Diminuiu bastante, mas ainda assim, tá fora da minha rotina “pré-gravidez”.

Dormir
Antes:
Além de não acordar pra nada, nem por nada, a paixão da minha vida era dormir como se tivesse levado um tiro nas costas… Sabe quando você fica estirada, com todo o corpo virado pra baixo e só a cabeça virada pro lado pra respirar?! Então: Eu gostava TANTO de dormir assim que nem me mexia. Ficava coberta até a cabeça, e intacta. Minha mãe costumava checar se eu tava MESMO respirando.

Agora:
Não é porque minha barriga já tá “saliente”, mas dormir do meu jeito favorito se tornou algo impossível. Nessas últimas semanas a Isabelle fica LOUCA se eu ameaço encostar a barriga no colchão. É um tal de cutuca pra cá, cutuca pra lá. O médico já me garantiu que ela não vai ser esmagada caso eu adormeça e caia na bendita da posição de quem levou um tiro (SIM… Tinha medo MESMO de esmagar a neném. rsrsrsrsrsrs). Então agora eu me rendi a ficar de lado, com um travesseiro no meio das pernas, um embaixo da barriga, outro embaixo da cabeça, mais um em cima da cabeça, fora uma coruja grande que eu abraço pra não cair na tentação de me virar na cama. Ah, sem contar que me cobrir se tornou algo anormal… Pode fazer calor ou frio, mas acho que os travesseiros já me mantém na temperatura ideal. hahaha

Calor
Antes:
Típica “burguesa”… Até em janeiro eu dormia de meia. Saía de casa sempre com uma blusa, porque qualquer vento pra mim parecia polar.

Agora:
Acordo já pensando: MEU DEEEUS, QUE CALOR É ESSE?

Não há regata que me refresque, gasto quase um talco por semana nas minhas sapatilhas, e às vezes sinto que até meu cotovelo tá suando.
Resumindo: Hormônios + Hormônios = Calor interminável.

Sono
Antes:
Durante a semana, dormia às 11h da noite e acordava as 7h da manhã. Nos finais de semana, ia dormir às 2h ou 3h da manhã e acordava 11 horas. Isso pra mim era o suficiente. Durante o dia eu sentia PREGUIÇA. O que é beeem diferente de sono (já já você vai entender o porquê). Só conseguia dormir na minha cama.

Agora:
7 horas da noite e eu já bocejo como se não houvesse amanhã, e se o chão estiver na temperatura adequada, eu deito e durmo ali mesmo. Não acabou a novela das 9h, e eu já tô com os olhos grudados e babando. Durmo até as 7h da manhã e continuo com sono durante o dia inteiro. Sei que é sono, porque se deixar, eu durmo sentada mesmo, e já tô quase ficando craque na arte de dormir até de olhos abertos.

Comidas

Antes:
Comia como qualquer gordinha come: adorava uma massa, um chocolate. Às vezes comia uma fruta e por aí vai. Mas não tomava refrigerante em casa (só quando ia almoçar fora e etc), se fosse possível, sempre assava as coisas ao invés de fritar. Não sentia necessidade alguma de comer carne nem feijão.

Agora:
Continuo comendo como qualquer gordinha… Ainda prefiro macarrão, adoro um chocolate depois do almoço, e continuo sem vontade NENHUMA de comer frutas. Mas de uns tempos pra cá, sinto falta de um bife, de um prato com feijão, arroz e bastante salada picadinha… Me viciei em Yakult (não gostava), e esses dias me deparei em frente a geladeira, em plena madrugada, tomando refrigerante loucamente como se fosse água.
Tenho muitas vontades de comidas nada a ver, tipo, abóbora, beringela, e por aí vai. E pra compensar, não consigo mais me imaginar comendo no Madero, Outback, e até mesmo o sushi sagrado de toda semana eu abri mão, e já não sinto aqueeela necessidade. Bom, nesse caso, o bolso do meu marido agradece.

Humor
Antes:
Já tinha fama de antipática, emburrada, mal humorada… Às vezes meio maluca, excessivamente alegre e etc. Ou seja: Era feliz, e tinha meus dias de TPM.

Agora:
Acordo feliz, dá meia hora e eu já quero matar alguém, de repente começo a chorar porque “ninguém me ama mais”, aí como um chocolate, fico feliz porque comi algo que queria, meu celular trava, sinto vontade de jogá-lo pelo ralo (e chego a quase jogar MESMO), aí ele volta a funcionar e eu juro que jamais vou me desfazer dele porque ele foi “o melhor celular que já tive na vida”, e por aí vai.
Ou seja: turbilhão de sentimentos indefinidos.
Te amo agora e daqui 10 minutos você é a pessoa mais irritante e chata que já conheci (mesmo que essa pessoa seja, na verdade, eu)

Louco né?!

Enfim, dá vontade de escrever muito mais sobre tudo, mas o texto já tá 50 vezes maior do que eu prometi a mim mesma que escreveria. Por favor, não deixem de ler por causa disso, ok? HAHAHAHA #drama!

No fim das contas e das mudanças, estar grávida é MUITO bom. E relendo tudo isso, eu na verdade tô dando risada do que me tornei e no fundo, amo essa mudança porque é por um motivo lindo: Minha filha!

E você que já tem seu baby ou tá grávida… Notou alguma mudança?
🙂

Beijos

9 thoughts on “O antes e o agora

  1. Hahaha exatamente amiga… sorte sua que não sentiu enjoo e não passou os 5 primeiros meses vomitando tipo eu… poderia ter falado do desespero das roupas…. mais mto tudo vc o texto…

  2. Muitoo bom pois to falando q td se bateu a mim e sobre o jeito d dormir tmbm e nessas oras qm eh meu travesseiro e meu marido coitado rsrsrs.

  3. Eu estou de dois meses e já tenho que levantar as 4:00 pra ir no banheiro… acho que nunca mais terei uma noite initerrupta de sono, hahaha! Com a comida também mudei: eu amava queijo, de qualquer tipo, comia todos os dias… agora dá náuseas só de pensar! Café, que era meu fiel companheiro, tomo só um pela manhã pra não ficar uma zumbi, porque o cheiro também está me deixando enjoada. Força, meninas! Vai valer a pena! 🙂

  4. muito legal td isso esta acontecendo de novo comigo depois de 5 anos estou na minha segunda gravides com td mudança mas muito feliz td isso vale passar pra esperar o isaac chegar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *