Maternidade, Rotina

Pequenas atitudes que resultam em grandes aprendizados

Algumas pessoas me perguntaram como eu mantenho uma boa relação com a Bellinha, e embora eu ainda me ache uma mãe cheia de falhas, confesso que notei algumas atitudes que podem sim, ser o diferencial no nosso relacionamento.

Antes de qualquer coisa, eu a vejo como humana. Ela não é um projeto robotizado do que minha mente idealizou. Ela tem o direito de não querer, de sentir, de pensar diferente.
É difícil às vezes, eu admito. A gente projeta a educação ideal, quer que sorriam, que respondam com educação, que queiram comer tudo.
Mas esquecemos que as coisas acontecem de uma forma muito melhor quando nos desapegamos dos ensinamentos teóricos: a criança aprende na prática.

Separei 4 atitudes que sinto que fazem a diferença com a baixinha, e que a ensinam não só sobre a educação básica, mas também trabalham a educação emocional. Afinal, são pequenas atitudes NOSSAS que auxiliam na formação de caráter deles.

PERMISSIVIDADE

Toda vez que vou trocar a roupa, limpá-la, dar banho, aviso o que vou fazer e pergunto se tudo bem.
Mesmo que ela esteja dormindo e eu precise tirar o pijama, por exemplo, eu sempre falo – enquanto acaricio sua cabeça ou costas: “Filha, vou tirar seu pijama porque precisamos colocar o uniforme, tá? Vou tirar sua calça e já coloco outra.”
Isso ensina que ela é dona do próprio corpo.
A partir dessa pequena atitude tenho mais chances de ser entendida quando falo sobre questões super delicadas, como assédio.
Ninguém deve tocá-la sem que ela dê permissão. E sim, isso inclui mãe e pai.

CORDIALIDADE

Eu me policio para falar TODAS as “palavrinhas mágicas” possíveis.
“Licença” ; “Obrigada” ; Por favor”; entre outras. Além de fazer isso com todas as pessoas, sem qualquer tipo de discriminação, e sem esperar que façam primeiro.
Isso ensina os princípios básicos da educação, com um bônus de simpatia e alegria. Nada como espalhar o bem e ver sua filha fazendo o mesmo.
Uma criança que não ouve, não fala. Simples assim.

HUMOR

Todas as manhãs eu pergunto se ela dormiu bem. Isso já me dá uma base de como deverei leva-la no resto do dia.
Não posso exigir disposição e bom humor sempre.
Começar os dias dando a chance que ela diga como se sente, ensina muito mais do que poderíamos imaginar:
1º ela aprende que pode contar comigo para falar sobre o que sente
2º ela aprende a dialogar e a trabalhar a ansiedade, nos dias em que acorda de mal com o mundo, por exemplo.
3º ela aprende sobre frustração e cansaço. Quando tem uma noite ruim, conversamos sobre o que podemos fazer de diferente no dia… Seja mudar a rotina da noite, tomar um banho relaxante antes de dormir, ir para cama mais cedo, e por aí vai.
Nisso ainda entra a 4º lição, que é sobre mudança. Ela aprende que o hoje pode não ser bom, mas com algumas atitudes ela pode fazer com que o amanhã seja diferente.

COMPREENSÃO

Se erro, peço desculpas.
Quando não estou com o humor muito bom, explico que o problema não é com ela, mas que preciso de silêncio e colaboração.
Eu admito os erros e falo sobre os meus sentimentos também. É justo que ela saiba, porque isso a ensina sobre compreensão, e que o diálogo é a melhor forma de resolvermos nossos conflitos internos.
Eu posso contar com ela, e ela pode contar comigo. Ela erra, e eu também erro. Mas o maior problema eu sempre evito que aconteça: que ela cresça achando que as pessoas podem magoá-la ou tratá-la com indiferença.

A educação de uma criança tem muita influência do ambiente e das atitudes das pessoas com quem ela convive.

Eu melhorei muito como ser humano desde que ela chegou. E ainda tenho muito mais a me desconstruir.
Essa é a maior prova que com os filhos a gente mais aprende, do que ensina. Ainda bem.

Um beijo,

1 thought on “Pequenas atitudes que resultam em grandes aprendizados

  1. Oi Stephanie! Tudo bem? Adorei o texto, muito bom mesmo. Não sou mãe ainda, mas adoro ler sobre e depois essas dicas nos fazem pensar sobre nossas atitudes com outras pessoas também.
    Abraço!!
    Tudo de bom!!
    Virgínia Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *