Dicas, Puerpério, Textos Gravidicas

Porque o primeiro aninho merece festa, sim!

Antes da Bellinha nascer, eu fazia parte daquele grupo de pessoas que é “contra festinha de um aninho”.
Na minha cabeça, com um aninho a criança é muito pequena para entender o significado disso tudo, então pra quê investir tanto?
Bom, mal sabia eu que o dia a dia sendo mãe, me mostraria o porquê das pessoas sonharem tanto com a festa do primeiro aninho de um filho…

Essa vontade vem mesmo! E vai aumentando a cada dia vivido ao lado do nosso bebê. Isso porque, aprendemos que a felicidade está nas pequenas conquistas do dia a dia: E o primeiro ano é marcado pelas primeiras grandes conquistas de uma vida, e ficam marcadas, principalmente, no coração da mãe.
Quem consegue esquecer o primeiro sorriso? A primeira gargalhada? A primeira papinha? A primeira engatinhada?
Não tem como!
São tantas “primeiras emoções”, que no decorrer dos meses, é impossível não se pegar imaginando uma festinha toda fofa. (Abro aqui um parênteses pra dizer que NÃO, não precisa ser aquela festa em salão infantil que custe seu salário – ou mais que isso-)

Cheguei a conclusão que a festa do primeiro aninho é uma comemoração dos pais.
Aquele auge em que olhamos para trás e pensamos: SOBREVIVEMOS, CONSEGUIMOS!

festa de um ano tema inverno 1

Me lembro de ter passado algumas noites em claro planejando, colando lacinhos (sim, eu fiz tudo – com ajuda de algumas pessoas, claro- Mas a única coisa que terceirizei foram os salgadinhos – e só).

No dia, não tive tempo pra mais nada. A festa já estava na hora de começar e eu ainda tinha que tomar um banho e me arrumar o mais rápido possível.
Mas me lembro de entrar e ver o salão cheio… Respirei aliviada.
Mais uma missão cumprida.

Curti muito, revi amigos, juntamos todos os parentes… Foi lindo.
Mais lindo ainda foi a hora do parabéns. (Mais alguma mãe também chorou?)
Porque pra mim, foi impossível não enxer os olhos d’água.
Ver todas as pessoas que amo em volta, minha princesa no centro, cheia de saúde, “apagando” sua primeira velinha… Lágrimas tomaram conta de mim… Mas eram de felicidade, de orgulho, de uma alegria que mal cabia no peito e precisou transbordar.

festa de um ano tema inverno 2

E no fim entendi e me convenci que a festa de um aninho é uma forma de gritar pro mundo: DEU CERTO!

Por isso hoje eu digo: Não deixe passar em branco!
Junte as pessoas que você ama e que lhe ajudaram neste primeiro ano de alguma forma. Que participaram, que ficaram felizes por vocês: Comemorem.
A vida merece ser celebrada. A que você gerou então, nem se fala.
Seja com um bolinho de padaria ou até com uma nega maluca feita em casa com um pacotinho de bexigas cheio com o pouco fôlego que nos resta… Mas só não deixe passar em branco.
Não leve em consideração as críticas e aqueles comentários (que sempre rolam): “mas com um ano o bebê não entende nada… Vai fazer festa pra quê?”
Porque não é pro bebê mesmo. É pra família. É por nós, mães, que renascemos junto e completamos um ano de vida nova.

São os primeiros 365 dias de muito amor.
Então, VIVA!

festa de um ano tema inverno 3

Logo mais trago umas dicas óóótimas para fazer uma festa econômica e linda!
Mas enquanto isso, olhem só como foi o primeiro aninho por aqui, que por sinal foi super econômico – já que optamos por fazer tudo em casa!

festa de um ano tema inverno 4

(Para entender melhor sobre a decoração: Na época o desenho Frozen tinha acabado de chegar no Brasil, e eu não queria festa com ~tema/personagens~ mas adorei a ideia do filme e decidi fazer uma festa com tema INVERNO – Ela nasceu em 1º de agosto)

festa de um ano tema inverno 5
festa de um ano tema inverno 6
festa de um ano tema inverno 7
festa de um ano tema inverno 8
Um beijo
assinatura stephanie gravidicas
 
 
 

2 thoughts on “Porque o primeiro aninho merece festa, sim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *