Atividades, Eventos em Curitiba

Beto Carrero World: Vale a pena a partir de que idade?

Nossa ida ao Beto Carrero foi uma decisão de última hora, que valeu cada segundo (e centavo).
Muita gente perguntou sobre a experiência, então resolvi compartilhar as informações que considero mais relevantes (e que também eram dúvidas que eu tinha antes de ir),

Valores:

O valor integral do ingresso é meio salgado, mas eles fazem MUITAS promoções super acessíveis. Nós aproveitamos o aniversário do meu marido, já que eles têm uma promoção em que o aniversariante do dia não paga ingresso (você pode emitir a entrada no site, ou na hora, em um guichê que tem lá – Indico fazer isso antecipadamente. Economiza tempo)

Nem todas as atrações estão incluídas na entrada tradicional. Vale conferir se alguma programação a parte é de seu interesse. (Clique AQUI para ver o que é pago a parte).

Como o lugar vive lotado, eles criaram uma pulseira de acesso especial que se chama FAST PASS.
Ela concede 1 acesso especial nas 08 atrações mais procuradas do parque e custa R$ 80,00 por pessoa. Para quem vai passar apenas um dia lá, vale o investimento, já que alguns brinquedos chegam a levar mais de 2h de fila, então a economia de tempo é enorme.

Alimentação

O parque não permite a entrada de comidas e bebidas, mas vi que todo mundo carregou garrafinhas de água e alguns petiscos nas bolsas (eles não revistam). Confesso que me arrependi de não ter feito mesmo, já que cada bebida custa em média R$ 5,00, e com o calor você consome MUITO (nós bebemos 14 águas, no total).
Você não precisa ir nas lanchonetes comprar, já que existem muitas máquinas da Coca-Cola espalhadas pelo parque inteirinho. Achei isso incrível e uma comodidade e tanto. Dá pra pagar com cartão e dinheiro.

Para comer, existem várias lanchonetes e restaurantes pelo parque, além de quiosques aos montes. Os valores são meio padronizados e não muito baratos. Os lanches custam em média R$ 40,00 (sanduíche + batata + bebida), e restaurantes de comida são por Kg, e vimos que todos eram R$ 70,00/Kg (achei bem preço de shopping – Optamos pelo buffet, e embora não tenha sido barato, a qualidade surpreendeu).

Existe também a opção do show Excalibur, onde você pode comer e curtir um duelo medieval. O valor por pessoa é R$ 75,00. Nós não fomos mas só ouvimos elogios. É uma opção legal porque você continua aproveitando o parque, mesmo parando para almoçar.

Vale a pena ir com criança a partir de que idade?

Na verdade, o que mais interfere na curtição do parque não é a idade, mas sim o tamanho. Eles são extremamente rigorosos com a régua, e as atrações são sinalizadas já na entrada. Para curtir TODAS, é preciso ter mais de 1,30m.
Bellinha tem 1,10m e por isso não pudemos entrar em vários brinquedos. Mas ainda assim curtimos MUITO, pois os shows (Madagascar, Hot Wheels e O sonho do Caubói) foram simplesmente espetaculares.
Luísa não foi junto e demos graças a Deus por isso. Definitivamente, não seria possível aproveitar com um bebê junto.
(A ida com bebê se torna “menos complicada” caso alguém vá junto para ficar apenas cuidando dele, o que não foi nosso caso)

Horários

O parque abre as 9h, mas muitas atrações começam a funcionar somente a partir das 10h. O fechamento é às 18h (horário de inverno), mas é nesse horário também que acontece o último show, então você acaba saindo de lá por volta das 19h.
Os shows têm horário marcado e você sabe da agenda através de anúncios espalhados pelo parque. Eles definem a programação com pouca antecedência, por isso não ha como saber por site, apenas no local.

Dá pra curtir tudo em um só dia?

Tudo, tudo, não.

Com o fast pass você consegue aproveitar bem mais, claro. Mas não vale a pena deixar de lado os show (que levam em média 45 minutos cada). Então, se possível, é legal pegar dois dias. Mas se der para ir em apenas um, o ideal é dar uma olhada nas atrações que você não quer perder por nada, e se programar.

O fato da Bellinha não poder ir em vários brinquedos, facilitou um pouco. No site existe a descrição das atrações, e você pode selecionar as que atendem a altura da sua criança. Eu fiz isso enquanto estávamos indo, então cheguei lá já sabendo onde poderíamos ir. (Clique AQUI para conferir)

Logo na entrada, existem vários mapas disponíveis que você pode carregar e se localizar. Não dá pra ficar sem esse auxílio.

Extras

  • Lá dentro é possível alugar carrinhos, tanto para bebês/crianças menores, quanto daqueles no estilo de campo de golfe, para a família inteira circular pelo parque.
  • É bom levar uma muda leve de roupa pois o tempo muda bastante.
  • Protetor solar, boné e um sapato confortável são imprescindíveis.

Um dia no Beto Carrero com certeza é algo que todo mundo deveria viver pelo menos uma vez na vida. O lugar é lindo e bem estruturado, e merece todo o reconhecimento.

Fomos comemorar o niver do papai, e no fim nós 3 nos divertimos muito. É encantador demais, não importa a idade.

Já estamos programando mais uma ida, e é claro que depois conto tudo pra vocês.

Um beijo,

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *