Saúde e Alimentação

Cuidados com a pele – Inverno com crianças

Você sabia que todas as camadas da pele da criança (epiderme, derme e camada subcutânea), são reduzidas, comparadas à pele dos adultos?

Por isso, os cuidados precisam ser redobrados, especialmente em épocas frias.

O ressecamento da pele deixa os pequenos mais suscetíveis a infecções e irritações, já que sua barreira subcutânea ainda é ineficiente.

As crianças de até 4 anos precisam de uma atenção especial, por isso, é preciso incluir uma boa hidratação nos cuidados diários.

Mas, qual a forma mais eficiente?

Antes de mostrar algumas formas de fortalecer e hidratar suas peles, é importante citar que existem produtos específicos e adequados por idade.

No caso dos recém nascidos, seu pH é quase neutro, o que dificulta a pele de se defender de micro-organismos. Mas isso não significa que podemos passar qualquer produto. Nesse caso, dê preferência para linhas especiais direcionadas para recém nascidos. Sem perfume, e sem ativos que possam agredir a pele.

Como as glândulas sebáceas só começam a funcionar plenamente no final do primeiro ano, use e abuse de itens suaves até lá.

Minha mala para a maternidade, apenas com produtos específicos para recém nascidos (Todos da linha Johnson’s)

Depois do primeiro ano, você terá mais opções no mercado, já que o catálogo de produtos sairá da linha dos recém nascidos.

Ainda assim, opte por itens com nada (ou quase nada) de perfume. E claro: sempre peça orientações para o pediatra. Se tiver um dermatologista infantil, melhor ainda. Ninguém melhor que ele para lhe direcionar sobre a saúde da pele da sua criança.

Agora, vamos aos principais meios de hidratação:

HIDRATANTE

Os hidratantes corporais repõe a umidade e as substâncias que protegem a pele, e que são eliminadas na água. Por isso, a melhor coisa é criar um ritual após o banho. Hidratar a pele depois de lavá-la (indicado hidratar nos 3 minutos seguintes), é essencial para manter o equilíbrio da proteção que ela precisa.

ÓLEO CORPORAL

O óleo corporal age de forma diferente ao hidratante, pois atua impedindo a perda de água, formando uma barreira protetora cutânea. Por isso, é indicado o uso durante o banho (sem esquecer de complementar com o hidratante após).

Além de reforçar as barreiras cutâneas da sua criança, o ritual de hidratação e cuidados com a pele, acaba tornando-se um ato de carinho. Fazendo com que a criança valorize a delicadeza do toque, e sinta-se ainda mais amada, cuidada, e calma.

Então, aposte nos cuidados e curta esse momento junto com sua criança.

Cuidar da pele não é apenas um ato de beleza, é uma questão de saúde.

Um beijo,

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *