Uncategorized

Mais um dia daqueles…

Filha, existem várias coisas que eu gostaria que você entendesse sobre eu ser uma “mãe que trabalha fora”.
A principal delas, é que ninguém nesse mundo, consegue mensurar a dor que eu sinto todos os dias em sair de casa, te deixar (muito bem cuidada, graças a Deus), e voltar a vê-la no mínimo 12h depois.
É mais fácil quando consigo simplesmente me despedir de você enquanto ainda dorme, e quando posso ficar observando aquela cara de bebê gordinha que eu quase esmago de tão linda.
Mas existem dias, como os de hoje, em que um passo um pouquinho mais barulhento, faz com que você acorde logo em seguida de mim… Aí sim, o bicho pega.
Passam mil desculpas pela minha cabeça pra que eu não precise realmente sair dali, do seu ladinho. Consigo ver no seu olhar, como quem diz “mamãe, fique aqui comigo. Vamos brincar”… E por vários minutos eu fico pensando até onde tudo isso vale a pena.

Não vou dizer que odeio trabalhar fora, porque na verdade, eu realmente gosto. Gosto de exercitar o cérebro, de aprender coisas novas, de interagir com diversas pessoas.
Mas existem dias, que a única pessoa com quem eu gostaria de interagir, é você!

Se ficasse em casa, talvez estivesse ainda mais cansada, esgotada, e atarefada. Mas tem dias que eu preciso tanto disso. De cozinhar pra você, de te dar banho, bagunçar no almoço… De sentir as costas doerem de tanto colo.

Tento não deixar a culpa de passar 60h semanais longe de você, tomar conta de mim.
Quando parece que vou desmoronar, me lembro do porquê estou aqui fazendo tudo isso.

Já ouvi frases de impacto… Coisa do tipo: “sua filha não precisa de presentes caros, ela precisa da sua presença”. Mas ninguém tem ideia do significado da batalha, a não ser quem está naquela luta.
Eu trabalho SIM, por você filha. Porque ano que vem é hora de escolinha, e meus esforços farão que você vá para a melhor.
Amanhã é dia de fazer mercado, e meus esforços farão com que eu não precise tirar do carrinho, aquele sucrilhos que você tanto gosta…
Quando formos passear no shopping e, por acaso, encontrarmos aquela roupinha linda que te deixará ainda mais MARAVILHOSA do que você já é, ela será sua.

Você não ganhará um Iphone no seu aniversário de 2 anos, nem uma big festa, nem um brinquedo que custe mais do que um mês de condomínio…
Mas você tem um bom pediatra pelo nosso plano de saúde… Você tem roupas quentinhas… Seu iorgurte preferido está na geladeira, e eu não preciso fingir que não te vi desejando aquele brinquedo que sua amiguinha tem.

Sabe filha, alguns esforços se fazem valer.
E na maior parte do tempo, eu agradeço por ter o emprego que tenho, e por eu e seu pai darmos o exemplo que lhe damos: Batalhamos todos os dias pelo seu melhor.

Mas hoje, eu só queria ter ficado de pijama, deitadinha com você…

1 thought on “Mais um dia daqueles…

  1. Meu nome é vanessa e tenho uma bebe de 1 ano e 2 meses e hj foi exatamente o que eu senti a hr q eu acordei ela pra ir pra creche….
    maravilhoso seu texto…parabens

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *