Uncategorized

Sobre o vínculo mãe e filho

vinculo-mae-e-bebe

O parto não é um ato puramente corporal e médico, ele vai muito além disso.

Atravessar um parto é se encontrar com uma riquíssima experiência que requer apoio, preparo emocional, afeto e coragem. Tanto por parte da mulher, quanto de quem vai assistí-la nesse momento.

O início do vínculo mãe e bebê está ligado diretamente a experiência do parto… Mas o seu desenvolver, está ligado principalmente aos encontros, olhares e trocas que acontecem nos primeiros anos de vida do bebê, e que em geral não correspondem com aquilo que as revistas mostram.

O valor dessa primeira relação interfere totalmente a criação dos sentimentos de confiança, autoestima e criatividade da criança, e que serão refletidos interinamente no futuro.

A sustentação praticada pela mãe ao bebê faz parte de um conjunto de comportamentos que visam apoiar a criança, como por exemploe: a amamentação, o carinho e outras ações de satisfação a dupla. Para reforçar ainda mais esta conexão, o contato pele a pele favorece a criação do vínculo e inclusive, ajuda na descida do leite materno.

Todos esses primeiros momentos são essenciais para o desenvolvimento infantil. Através do vínculo e afeto, as crianças se tornam mais capazes de controlar suas emoções negativas em situações estressantes, desenvolvem competências sociais melhores, são mais confiantes na exploração do mundo e aprendem a interagir com o ambiente de forma segura.

O desenvolvimento das crianças depende do quanto os adultos podem se dedicar verdadeiramente na relação parental.

Para mudar o mundo é preciso mudar a forma de nascer. Nascer o filho, e nascer mãe.

assinatura-karla

 

2 thoughts on “Sobre o vínculo mãe e filho

  1. Ai que amor!
    Cada dia que passa eu fico mais pensando em como vai ser no dia em que eu tiver meu filhinho… na minha cabeça e nos meus planos, ainda vai demorar bastantinho, mas eu fico toda boba quando penso nesse turbilhão de emoções que vão vir :’)

  2. Aiii que delicia deve ser esse vínculo, esse primeiro contato e primeiros momentos segurando um serumaninho tão pequeno que veio de você. fico me imaginando sendo mãe, vou querer aproveitar todos esses momentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *